segunda-feira, 4 de maio de 2009

Folha de Outono


Estou na última esquina
O derradeiro passo é próximo
Quando chegar não saberei
se parti ou retornei
o vento acaricia meu cabelo
Beijo a vida como se fosse amante
apaixonadamente me despeço
como o faria qualquer coitado
pois estando cego de passado
não a vê movediça e ardilosa
a noite se apaga.

3 comentários:

Anônimo disse...

Mtooooo booom amigo litaaa,ameeeii caraaa *-*,vc tem talentoo pra isso,menos pra damas UHAUAHAHUAH ;P

Wasich Kann disse...

pague as contas maldito

Mariáh disse...

eu acho que é talentoso horrores. para isso. para as damas. uma loucura.